Seguidores

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Projeto: sexualidade na escola

Escola Estadual “Prudente de Morais” – Mesquita
Professor responsável pela elaboração: Maria Alves
Professores responsáveis pela execução: ___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
Tema: Sexualidade
Sexualidade na adolescência
01-INTRODUÇÃO
A gravidez na adolescência figura como grave problema que atinge parcelas crescentes da população jovem brasileira. A relação entre esta é o abandono da escola, com as óbvias conseqüências para o futuro destes adolescentes e de seus filhos, é verificada cada vez mais em nosso país.

02 - JUSTIFICATIVA:
O projeto surgiu da necessidade de discutirmos e vivenciarmos uma questão que interfere diretamente na vida dos nossos alunos hoje: a gravidez na adolescência. Com ênfase nesta questão, tivemos a necessidade da elaboração de um trabalho interdisciplinar com intervenção pedagógica priorizando sexualidade na adolescência. O projeto será desenvolvido com os alunos do ensino fundamental: 80ano, 90ano, PAV.

03- OBJETIVOS GERAIS
- Promover no adolescente um comportamento responsável no que se refere ao sexo seguro, à prevenção de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST),
- Conscientizar os alunos sobre as responsabilidades de uma gravidez e de um filho.

04 – OBJETIVOS ESPECÍFICOS
-Conhecer seu corpo, valorizar e cuidar de sua saúde como condição necessária para usufruir prazer sexual;
-Reconhecer as conseqüências enfrentadas pelas adolescentes com uma gravidez não desejada e do plano médico, psicológico, social e econômico;
-Reconhecer a eficácia da camisinha e a necessidade do sexo seguro na prevenção de DSTs;
- Desenvolver e construir uma opinião própria sobre o aborto a partir da análise dos fatores nele envolvidos;
- Promover no adolescente um comportamento responsável no que se refere ao sexo seguro, à prevenção de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST), e o adiamento da idade do início da atividade sexual;
- Fortalecer o poder de decisão do adolescente sobre a sua capacidade de negociação e recusa diante de comportamento de risco e não desejável;
-Conhecer alguns  métodos contraceptivos na prevenção de uma gravidez;
- Despertar conhecimentos de maturidade nos adolescentes.

05 - ESTRATÉGIAS
Temas para debates
- DST/AIDS  doenças sexualmente transmissíveis e prevenção,
- Gravidez na adolescência e conseqüências,
- Aborto,
- Métodos contraceptivos.
Adoção de um “pintinho” (simulando uma situação de cuidados com “outro ser vivo”, o professor comprará um pintinho e fará uma lista de freqüência com os nomes dos alunos de cada turma, com caixas de papelão será montado um ambiente para guardar o pintinho na escola durante as aulas, será feito sorteio para definir a ordem de quem levará o pintinho adotado para casa para os cuidados. Todos os dias o aluno irá assinar a lista de freqüência como está devolvendo, e outro aluno irá assinar com está levando o pintinho para casa . A idéia é que através desta vivência, o aluno sinta a responsabilidade exigida na criação de outro ser vivo) .

06 - CONCLUSÃO:
- Apresentação de cartazes sobre prevenção da gravidez, DSTs, AIDS, história dos anticoncepcionais
- Exposição de maquetes com os métodos contraceptivos
- Sorteio do pinto com os alunos da turma

07-AVALIAÇÃO
O trabalho será avaliado pela participação individual, atividades em sala, cartazes, maquetes e responsabilidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário